carboidrato-pq-nao-corta-los

Carboidratos: por que não cortá-los da alimentação?

Tempo de Leitura: 4 minutos
carboidrato-pq-nao-corta-los

Carboidratos: por que não cortá-los da alimentação?

Tempo de Leitura: 4 minutos
Tempo de Leitura: 4 minutos

Muitas pessoas recorrem a uma forma mais rápida para perder peso e cortam os carboidratos da sua alimentação, como uma estratégia de se livrar de alguns quilos indesejáveis. Mas, essa estratégia vai funcionar ? Você vai emagrecer?

Sim, eliminando o carboidrato da sua alimentação, irá ajudar na queima de gordura e consequentemente você irá emagrecer. Porém, será de forma saudável?  Essa é a grande questão, de como seu corpo irá reagir com essa mudança drástica na sua alimentação.

Cortar os carboidratos da sua alimentação pode acarretar vários efeitos colaterais desagradáveis e muito mais malefícios do que benefícios para a sua saúde em geral. Por isso, é importante saber o que pode acontecer ao seu corpo e a sua saúde, se você cortar os carboidratos da sua alimentação.

Esse é o objetivo central dessa matéria, continue lendo…

O que são carboidratos?

São biomoléculas importantes, conhecidas também por hidratos de carbono, glicídios ou açúcares.

Qual a função dos carboidratos?

A principal função dos carboidratos é a função energética.

O que acontece se você deixar de comer carboidratos?

Listamos para você 6 consequências ao seu corpo, se você cortar os carboidratos da sua alimentação : 

  1. Você pode ter tonturas – ao parar de comer  carboidratos de uma hora para outra, vai estressar o seu organismo. Seu organismo fica incapacitado de transformar a glicose em energia, provocando sintomas como nauseas, tonturas, dores de cabeça e irritabilidade.

  1. Você pode ficar mais indisposto(a) – seu corpo com pouco, ou nada de carboidrato, passa a queimar gordura, para garantir energia. Porém, a gordura é fonte de energia mais lenta do que a glicose, por isso, pode ficar mais difícil, você ter disposição para suas atividades do dia a dia e exercícios físicos.

  1. Pode trazer riscos ao seu coração – é cientificamente comprovado por médicos, que pessoas que ingerem pouco carboidrato correm mais riscos de desenvolver doenças cardíacas. Médicos especialistas alertam para o cuidado com dietas low carb, já que os carboidratos “do bem” combatem a inflamação e ajudam a reduzir os bloqueios nas artérias.

  1. Podem surgir cãibras muscularesisso pode acontecer porque, não ingerir carboidratos faz o seu corpo perder eletrólitos pela urina, que são minerais essenciais para a comunicação celular. Por isso, as câimbras frequentes podem ser as consequências.

  1. O seu metabolismo pode ficar lento – carboidratos como a aveia, ricos em amido resistente aceleram o metabolismo, que é algo importante para quem quer emagrecer, que é ter o metabolismo acelerado.

  1. Você pode começar a ter mau hálito – logo após cortar os carboidratos da sua alimentação, você pode começar a sentir um gosto estranho na boca. Como o organismo não terá carboidratos para tirar a energia, ele passa a quebrar a gordura como energia, transformando os ácidos graxos em cetonas, resultando nesse gosto estranho na boca e o mau hálito.

Como os carboidratos se classificam?

Os carboidratos podem ser classificados em simples e complexos. 

Carboidratos simples – são facilmente absorvidos pelo nosso corpo, gerando o famoso pico de glicemia, mas todo cuidado é pouco, pois a alta liberação e a não utilização da energia faz com que o alimento ingerido vire reserva de gordura no corpo.  Exemplo: mel, rapadura, balas e doces em geral.

Carboidratos complexos – de baixo índice glicêmico, são opções ricas em fibras e nutrientes, o que vai tornar o processo de absorção mais demorado. Exemplo: pães, massas, lentilha e feijões. Esse grupo de carboidratos não liberam picos de açúcar no sangue, então você terá mais disposição e a sensação de saciedade por muito mais tempo, o que não vai ocorrer ao ingerir um carboidrato simples.

Além disso, por não causar reserva de gordura, os carboidratos complexos não vão aumentar o risco de diabetes e problemas cardíacos, pois a insulina no sangue estará regulada.

Onde encontrar bons carboidratos?

Carboidratos bons você encontrará em alimentos comuns e não processados, como frutas, cereais e afins. Que são fontes rápidas de absorção e podem ser ingeridos aos poucos em cada refeição. Como também pode ser feita substituições para algumas refeições, como a farinha de aveia no lugar da farinha branca.

Em quais alimentos estão as melhores fontes de carboidratos?

Aqui trouxemos as melhores fontes de carboidratos que são possíveis de serem encontrados e você pode ingerir no seu dia a dia sem medo, contudo sempre com cautela e acompanhamento de um profissional.

  • Arroz
  • Aveia
  • Batata doce
  • Batata inglesa
  • Beterraba
  • Castanhas
  • Feijão preto
  • Frutas
  • Grão de bico
  • Iogurte
  • Lentilha
  • Pão

Vale ressaltar que uma alimentação não é feita apenas dessas fontes de carboidratos, então também insira na sua alimentação vitaminas, proteínas e demais nutrientes para o seu corpo! Lembrando que tudo isso é feito de forma individual, referente a quantidade a ser consumida.

Os carboidratos realmente engordam?

Aqui que mora o grande medo das pessoas, pois acham que os carboidratos sempre terão o efeito de aumentar a gordura corporal. Contudo, são alguns alimentos que causam isso, normalmente os processados, e consumidos de forma exagerada, então, não se preocupe, isso não é uma condição para parar de comer o que gosta, o que precisa é existir equilíbrio!

Por que definitivamente carboidratos não engordam, o que realmente engorda é o SUPERÁVIT CALÓRICO, que significa comer mais calorias do que você gasta. Nenhum alimento por si só tem poder de engordar, seja alimentos ricos em gorduras, carboidratos ou proteínas.

Quanto devemos ingerir de carboidratos por dia?

O recomendado é que cerca de 45% a 65% das calorias diárias sejam provenientes desse grupo de alimentos, entretanto, deve-se ficar atento à necessidade metabólica de cada pessoa. Desse modo, é importante saber dosar a quantidade de carboidratos ingeridos para que eles cumpram adequadamente seu papel.

Esperamos ter deixado claro, que os carboidratos não são alimentos maléficos, os carboidratos são fontes de energia que todos precisam. E que é preciso consultar um nutricionista para elaborar o seu cardápio, não faça restrições ou retire-os da sua alimentação sem orientação profissional.

Fique atento a dietas sem carboidratos, pois reduzir o consumo pode trazer alguns problemas à sua saúde além do que já citamos. O mesmo vale para quem pratica atividade física, pois para treinar é necessário energia. Como o carboidrato após ser ingerido vira glicose, essa será a energia consumida no treino, tanto para perder gordura, como para ganhar massa magra.

Sendo assim, saiba o que é preciso ingerir antes e depois do seu treino, além de respeitar o tempo de absorção, pois caso demore a treinar, o organismo vai utilizar a massa magra do seu corpo para gerar energia e não o carboidrato.

Lembre-se que os carboidratos não são vilões, eles são extremamente necessários na rotina de todos, então tire esse mito alimentar da sua cabeça, estabeleça uma rotina saudável com exercícios físicos, e os coloque na sua alimentação!

Aqui na W7 Academia , no Plano Premium você pode ter avaliações físicas e nutricionais, tirar todas as suas dúvidas e ter um cardápio personalizado de acordo com seus treinos e objetivos! Venha nos conhecer! 

Categorias

controle-obesidade-w7-academia

8 passos para controlar a obesidade

Tempo de Leitura: 4 minutos A obesidade é o acúmulo de gordura no corpo causado geralmente pelo consumo exagerado de calorias na alimentação superior ao valor usado pelo organismo para

LEIA SOBRE »

FAÇA SUA