Alongamento- saiba o quanto ele pode te fazer bem

Alongamento: saiba o quanto ele pode te fazer bem

Tempo de Leitura: 2 minutos
Tempo de Leitura: 2 minutos

O alongamento é de suma importância para manutenção da qualidade de vida, melhora da aptidão física e promoção de saúde. Trata-se de um tipo de exercício físico que tem como objetivo dar mais agilidade, elasticidade e um aumento na amplitude do movimento muscular.

Consequentemente te ajudando na prática diária dos seus treinos e na prevenção de lesões. Mas os benefícios não param por aí, conheça todos eles:

Benefícios do alongamento para a saúde

  • Ajuda no tratamento de dores na coluna como – lombalgia e cervicalgia;

  • Prepara o músculo para a atividade física;

  • Ativa a circulação sanguínea;

  • Previne lesões por movimentos repetitivos – tendinites;

  • Previne lesões esportivas e dores musculares após a atividade física;

  • Melhora a postura;

  • Aumento da consciência corporal;

  • Habilidade para aprender e executar movimentos;

  • Relaxa corpo e mente aliviando o estresse;

  • Alivia tensão muscular causadora de dores nas costas, pescoço e até dor de cabeça;

  • Aumento da flexibilidade deixando os movimentos mais soltos e leves, melhorando a aptidão física.

Quando fazer o alongamento – antes ou depois do treino?

Alongar-se regularmente para manter e melhorar a flexibilidade e amplitude dos movimentos é extremamente importante. Mas aí entra a pergunta que todo mundo já deve ter feito uma vez na vida: alongar antes ou depois do treino?

Alongar antes de um treinamento de força não é aconselhável, pois pode causar lesões. Com o alongamento, o estresse no fuso muscular aumenta e com a execução de exercícios muito fortes, esse estresse é ainda maior, o que pode causar lesões sérias.

Além disso, muitos estudos demonstram que dependendo do alongamento muscular, o desempenho em certos movimentos pode diminuir. Ou seja, além de aumentar o risco de lesão, ele ainda pode comprometer o desempenho de força máxima e potência.

O que pode-se concluir é que o momento exato para o alongamento vai depender muito do treino que será realizado. No entanto, o mais recomendado é: que o alongamento não seja feito antes ou depois da musculação, mas sim em outro momento do dia ou da semana, para se manter em níveis de funcionalidade mais elevados.

“Quer manter a amplitude dos movimentos? Diminuir a tensão muscular? Então, você precisa alongar!”

O alongamento pode ser feito por qualquer pessoa?

O alongamento pode não ser tão prazeroso para quem sente dores no corpo ou leva uma vida sedentária. Porém, em situações de sedentarismo é comum sentir dores quando se “estica” o corpo logo nos primeiros movimentos, o que pode causar uma certa resistência  em repetir os alongamentos posteriores.

Mas saiba que esses incômodos logo darão lugar a sensações prazerosas, não só ao corpo, mas a mente também. Basta que você adquira a prática e se alongue regularmente!

Na dúvida de suas limitações, procure sempre orientação de profissionais qualificados para te liberar para a prática ou te ajudar a executar os movimentos certos que te tragam esse hábito para a sua rotina.

7 Dicas práticas do alongamento

1. Nunca é tarde para começar a fazer alongamento, ele pode ser feito em qualquer idade.

2. Alongue-se sempre que puder, seja no trabalho, nos afazeres domésticos ou no tempo de lazer.

3. Procure relaxar enquanto se alonga.

4. Respeite os limites do seu corpo.

5. Maiores benefícios para a flexibilidade são obtidos em médio e longo prazo.

6. Respire de forma lenta, inspirando pelo nariz e expirando pela boca.

7. O alongamento pode ser feito com uma música agradável de fundo para você relaxar.

E aí já se alongou hoje? Comece agora e desfrute de todos esses benefícios!

Categorias

FAÇA SUA